Publicado em: 11/09/2018 ás 15:51:00 Autor: Cida de Sousa Fonte: Ascom

O prefeito de Paraíso do Tocantins, Moisés Avelino, participou na manhã desta terça-feira, dia 11, da abertura da Conferência Regionalizada dos Direitos da Pessoa Idosa. Para Avelino, o encontro deliberativo é importante para o avanço das políticas públicas que refletem na condição de vida das pessoas idosas. “O tempo médio de vida tem aumentado, daqui alguns anos teremos mais idosos do que jovens. Então é importante debater os principais desafios e decidir as prioridades das políticas públicas, porque o Brasil está anos luz atrás de outros países no que diz respeito à qualidade de vida do idoso”, ressaltou o gestor.  

O Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa e a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça têm percorrido o Tocantins reunindo representantes do governo e da sociedade civil. As conferências regionalizadas já aconteceram, até o momento, nas regiões Norte I, Norte II e Centro-Oeste (município sede - Paraíso). Sandra Maria Ribeiro Leitão, presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, afirmou que a principal demanda, levantada pelas regionais, é a falta de instituições de longa permanência. “Sabemos que a pessoa idosa é de responsabilidade do Estado, da sociedade e da família, mas o estado ainda não avançou. Não temos instituições de responsabilidade pública e isso tem sido apontado como um problema”, pontuou a presidente do CEDI.

De acordo com Evelyn Freitas, membro do CEDI, após as conferências regionalizadas, previstas para acontecer até 28 de setembro, as propostas aprovadas serão encaminhadas para as conferências estadual e federal onde serão construídas as diretrizes para uma política pública para os direitos da pessoa idosa.

Paraíso do Tocantins foi escolhido como o município sede da região Centro-Oeste e a Secretaria de Assistência Social e Habitação coordenou o encontro ocorrido durante todo o dia no Auditório Vereador José Alves de Oliveira, no Paço Municipal. Conselheiros e representes de outros 18 municípios circunvizinhos discutiram a temática “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das políticas públicas”. Anna Paola Oliveira, secretária da pasta, afirmou que, no município de Paraíso, tem uma gestão atuante e que trabalha na proteção do direito do idoso por meio dos serviços prestados pelo Centro de Convivência dos Idosos, através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Notícias relacionadas