Publicado em: 10/10/2017 ás 16:37:00

Na última segunda-feira, dia 09, a Policlínica de Paraíso recebeu as usuárias do SUS com um café da manhã especial. O evento corresponde a uma série de ações desenvolvidas pela Prefeitura de Paraíso do Tocantins, por meio da Secretaria de Saúde, em alusão ao Outubro Rosa. O mês é considerado, mundialmente, de luta ao combate do câncer de mama e do câncer do colo do útero.

Até a próxima quarta-feira, dia 11, a Policlínica João Coelho de Azevedo, localizada na Avenida Castelo Branco, ofertará serviços exclusivos para as mulheres, tais como palestras, orientações sobre o planejamento reprodutivo, aferição de pressão e glicemia, conforme informou a coordenadora da Policlínica, Haranda Ribeiro. "Além desse atendimento especial as mulheres ainda contam com o serviço de coleta de material de prevenção (Papanicolau) nas Unidades Básicas de Saúde e está atendendo os exames de mamografia através da Secretaria Estadual de Saúde que são regulados na Central de Regulação de Serviços de Saúde do município e realizados no HGP - Hospital Geral de Palmas,” finalizou Haranda.

O prefeito Moisés Avelino, o vice-prefeito Celso Morais, a secretária de Saúde, Rosirene Leal, e a presidente de honra da AMAP, vereadora Josefa Araújo, receberam as usuárias e reforçaram a importância da prevenção no caso do câncer de mama e de outros tipos de câncer também. “Ela (prevenção) deve acontecer em todos os meses do ano e nós estamos aqui justamente para lembrá-las disso”, afirmou Rosirene Leal.

Já o prefeito Moisés Avelino enfatizou que a Prefeitura não só apoia a causa como também conta com a ajuda de parceiros, como a AMAP e o Hospital Regional de Paraíso, para “que reavivem na memória das mulheres e de todas as famílias a necessidade da prevenção”.

A ação contou ainda com o depoimento de Aurizete Maria Carvalho de Sá. A ex-presidente da APAE – Paraíso relatou sua luta no combate recente ao câncer de mama. Ela afirma que encontrou o nódulo através do autoexame e mesmo depois de receber um diagnóstico negativo procurou outra opinião médica e pôde começar o tratamento ainda no estágio inicial. 

Notícias relacionadas