Publicado em: 05/12/2017 ás 17:01:00

O vice-prefeito/secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Celso Morais recebeu a equipe de fiscais do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e tratou sobre a finalização da implantação de infraestrutura do programa Cidades Digitais, nesta terça-feira, dia 05. O objetivo do encontro foi informar o andamento do cronograma de funcionamento do programa no município.

Participaram deste, a coordenadora do Departamento de Tecnologia da Informação – TI, Erika Wirgínia Queiroz; os fiscais do MCTIC responsáveis pela vistoria de aceitação: o engenheiro Joaquim Fanton, o engenheiro Joaquim Fanton Filho e o engenheiro Silvio Lopes, bem como, o gerente da empresa que executou a parte de infraestrutura, Willian Gonçalves.

Segundo Erika Wirgínia da TI da Prefeitura, o projeto foi bem aceito pela equipe do ministério, a parte estrutural e de equipamentos foram devidamente instaladas, e durante a visita de fiscalização foi possível visualizar os benefícios. “Agora aguardaremos a liberação operacional por parte do MCTIC, e assim que entregue a executaremos o projeto em sua totalidade em Paraíso”.

Willian Gonçalves, da empresa responsável pela implantação estrutural do Projeto Cidades Digitais, explica que o processo de infraestrutura foi finalizado, fiscalizado pelo MCTIC e entregue com a colocação de 35 pontos, que interligam os setores da administração pública municipal, escolas, hospital, e outros órgãos públicos, além daqueles locais públicos com acesso gratuito à internet. “A rede foi aceita pelo ministério, agora está sendo feito o processo de transição MCTIC para a prefeitura, que é transferência de rede, para que possam operar”, destacou.

Por sua vez, Celso Morais, enfatizou que a gestão municipal está muito feliz em receber a equipe do MCTIC e o gerente desta obra, e esta importante notícia será transmitida ao prefeito Moisés Avelino. “Estamos felizes, principalmente porque a população paraisense está ansiosa, para o funcionamento do Projeto Cidades Digitais”, concluiu.

 

 

Notícias relacionadas