Publicado em: 23/03/2020 ás 08:58:00 Autor: Cida de Sousa Fonte: Ascom
Crédito de foto: Arquivo Ascom PMP

A Campanha Nacional de Vacinação começou nesta segunda-feira, dia 23, em todo o país. O objetivo é imunizar, nesta primeira etapa, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos e os trabalhadores da saúde, conforme as recomendações do Ministério da Saúde. “A antecipação da vacina ajuda a proteger a população contra a influenza e minimiza o impacto nós serviços de saúde que no momento trabalham prioritariamente no enfrentamento ao Corona vírus”, informou a enfermeira Taianny Aguiar, coordenadora de Imunização do município.
De acordo com o Ministério da Saúde em todo o mundo casos mais graves de infecção por Corona vírus têm sido registrados em pessoas acima de 60 anos. Grupo, que no Brasil, corresponde a mais de 20 milhões de pessoas, por isso a primeira etapa contempla este grupo.
A coordenadora de Imunização alerta que as vacinas serão distribuídas por grupos. “A gente pede que a população só compareça à Unidade Básica de Saúde para se vacinar quando a convocação for para o seu grupo (ver quadro abaixo)”.

Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo
Começou também nesta segunda-feira, dia 23, a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. “Ela estava programada para acontecer em agosto mas o Ministério da Saúde também antecipou porque há um grande número de óbitos registrados devido a está doença”. 
Ainda de acordo com Taianny Aguiar está é uma campanha que abrange pessoas com idade entre 20 e 59 anos e todas as pessoas dentro desta faixa etária, devem receber a dose da Tríplice Viral, mesmo aquelas que já haviam se vacinado anteriormente.
Todas as nove unidades básicas de saúde do município já se encontram com as vacinas para atender a população. O horário de funcionamento delas é das seis da manhã às 18 horas, exceto para as unidades dos setores Milena, Chapadão e  Interlagos que o atendimento é das 12 às 18h. A secretária de Saúde, Rosirene Leal, pede que a população evite “aglomerações e mantenha um distanciamento de pelo menos um metro e meio caso haja fila de espera”. 

 

Notícias relacionadas