Seção de atalhos e links de acessibilidade

Secretário Municipal de Saúde de Paraíso traz orientações para combater o Aedes Aegypti durante o período chuvoso

Segundo o Secretário, 80% dos focos de dengue estão nas residências

15 de Fevereiro de 2024

Por: Carol Azevedo

Fonte: Ascom


Data: 15 de Fevereiro de 2024

Autor: Carol Azevedo

Fonte: Ascom


Autor da Foto: Divulgação Semus

O Secretário Municipal de Saúde de Paraíso do Tocantins, Arllérico André, traz orientações importantes à população sobre como combater o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, especialmente durante o período chuvoso, quando o risco de proliferação dessas doenças aumenta.

Arllérico destacou a importância da conscientização e da participação ativa da comunidade no combate ao mosquito, ressaltando que 80% dos focos estão nas residências. Ele enfatizou que é essencial dedicar pelo menos 10 minutos por semana para fazer uma vistoria no quintal, identificando e eliminando possíveis locais de acúmulo de água, onde os mosquitos podem se reproduzir.

Além disso, o secretário mencionou as ações realizadas nas escolas, envolvendo crianças e adolescentes na conscientização sobre a prevenção dessas doenças. Ele também destacou o papel dos profissionais de saúde, incentivando aqueles que apresentarem sintomas como febre, dor nos olhos, manchas avermelhadas pelo corpo, náuseas e vômitos a procurarem as unidades básicas de saúde para receberem atendimento adequado.

Arllérico salientou o trabalho dos agentes de saúde, que estão em campo realizando visitas domiciliares e instalando armadilhas para mapear as áreas com maior proliferação do mosquito. Ele reforçou que a participação ativa da comunidade é fundamental para o sucesso das campanhas de combate ao Aedes aegypti.

Para denúncias ou informações adicionais, a população pode entrar em contato com a Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses no SESP, no telefone 3602-3785.

“A colaboração de todos é essencial nessa luta contra a dengue e outras arboviroses. Vamos unir forças para manter nossa comunidade protegida.”